A Associação das Sociedades Científicas de Medicina na Alemanha – AWMF Arbeitsgemeinschaft der Wissenschaftlichen Medizinischen Fachgesellschaften, entidade que atualmente congrega 179 instituições de pesquisa e coordena o Programa Nacional de Diretrizes Médicas naquele país, lança este ano a segunda edição de seu guia de orientações sobre o tema, originalmente publicado em 2010.  

A recém publicada edição inclui capítulos com novas indicações sobre epidemiologia, diagnóstico, relação terapêutica, Anorexia Nervosa (AN), Bulimia Nervosa (BN), Transtorno de Compulsão Alimentar (TCAP), sequelas físicas e metodologia. Com base no maior reconhecimento de sua prevalência durante a primeira metade da vida, duas novas categorias de transtorno alimentar: “outro transtorno alimentar ou alimentar específico” (OSFED; que inclui “síndrome alimentar noturna”) e “transtorno de ingestão alimentar evitativa / restritiva” (ARFID ), foram adicionados para substituir a antiga categoria de “transtornos alimentares não especificados de outra forma” (EDNOS). A inclusão desses dois transtornos é consistente com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5).

Segundo reporta a entidade associativa Academy for Eating Disorders (EAD), em seu boletim informativo publicado em Reston, Virginia, a 28 de janeiro último, “As diretrizes para crianças e adultos foram atualizadas após uma conferência de consenso de dois dias realizada na Alemanha em novembro de 2017. A reunião foi liderada pela Associação das Sociedades Médicas Científicas da Alemanha (AWMF), e contou com a presença de porta-vozes de pacientes e representantes de as seguintes sociedades profissionais: a Sociedade Alemã de Psiquiatria Infantil e Adolescente, Psicossomática e Psicoterapia (GKJP), a Seção de Psicologia Clínica e Psicoterapia da Sociedade Psicológica Alemã (DGPs), a Sociedade Alemã de Medicina Psicossomática e Psicoterapia Médica (DGPM), a Associação Alemã de Psiquiatria, Psicoterapia e Psicossomática (DGPPN) e o Colégio Alemão de Medicina Psicossomática (DKPM). O professor Stephan Herpertz, autor principal das diretrizes, descreveu o processo democrático e rigoroso que ocorreu ao revisar as diretrizes: ‘Cada diretriz tem de ser discutida e há votação. Se houver uma discrepância, então tem de haver uma grande discussão para chegar a um acordo’. As diretrizes foram revisadas com base em recomendações científicas (por exemplo, metanálises de avaliações de tratamento) e baseadas na prática, com o objetivo de ajudar pacientes e profissionais de saúde a tomarem decisões relacionadas ao diagnóstico e ao tratamento”.

Nós, do Portal da TV PSI, sempre focados em oferecer a nossos leitores em geral e, particularmente, aos profissionais da área, o que há de mais atual e confiável em material técnico-científico, disponibilizamos abaixo o link de acesso à íntegra da referida edição, em língua inglesa, num total de 447 páginas, no formato PDF.

https://higherlogicdownload.s3.amazonaws.com/AEDWEB/27a3b69a-8aae-45b2-a04c-2a078d02145d/UploadedImages/Resources/German_ED_diagnosis_and_treatment.pdf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *