Uma coleção que não existe por uma causa nobre. É este o mote da nova Coleção Imaginária da Zippy, a marca de vestuário de bebé e crianças e puericultura portuguesa, que tem como objetivo angariar 150 mil euros para construir a Clínica do Gil, um projeto dedicado à saúde mental infantil.

Para contribuir para esta iniciativa, inspirada nos amigos imaginários das crianças que muitas vezes surgem para ajudar os mais novos a resolver ou a lidar com problemas, basta comprar peças que não existem fisicamente, mas que serão um contributo bastante real para ajudar a Clínica do Gil a erguer-se.

Assim, tanto nas lojas da Zippy como nosite da marca, pode “adquirir” meias (1€), cachecóis (2€), bonés (5€), babygrows (10€), mochilas (15€), sapatilhas (20€), vestidos (25€) e blusões (30€), sendo que todas as vendas líquidas destas peças fictícias revertem para a iniciativa.

A Clínica do Gil é um projeto de desenvolvimento infantil da Fundação do Gil, com o “intuito de promover a saúde mental infantil, e que pretende acompanhar crianças e famílias, com dificuldades de integração social, devido a problemas do foro físico, emocional ou comportamental”, pode ler-se em comunicado acerca deste projeto.

O objetivo é que esta clínica seja aberta a toda a comunidade, num momento em que Portugal surge como o segundo País da Europa com maior prevalência de doenças psiquiátricas, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), que apontam também que 50% das doenças mentais têm início durante a adolescência.

Localizada no jardim da Fundação do Gil, em Lisboa, a Clínica do Gil disponibilizará terapias nas áreas da Psicologia Clínica, Psicopedagogia, Terapia da Fala, Educação Especial, Terapia Ocupacional e Terapia das Artes.

Fonte: sapo.pt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *