Miguel Xavier, subdiretor do Conselho Científico da Universidade Nova de Lisboa e Diretor do Programa de Saúde Mental, observa que a partir do surgimento do novo corona vírus a sociedade vem sofrendo significativas alterações em seu modo de viver, seja pelo impacto da paralização econômica, seja pela obrigatoriedade do isolamento e confinamento social. Considera que tais mudanças tenham implicações diretas na saúde mental da população, o que sugere a necessidade de uma especial atenção para com esta temática.

Entende que o efeito do advento do novo corona vírus na saúde mental seja algo que só agora se pode de fato notar. Pois as relações interpessoais foram remodeladas, com o aumento do convívio intrafamiliar e a diminuição do relacionamento social, ainda que os meio  comunicação digitais tenham sido  grandes facilitadores para esta interação.

Ressalta que já se pode observar, em geral, que são três as áreas psicologicas mais afetadas –ansiedade, depressão e perturbação do sono – e já se apresentam como emergentes, principalmente pela falta de perspectiva acarretada pela mudança drástica da maneira viver.

“Se por um lado [o confinamento] foi cumprido à risca, por outro, criou uma sensação, por vezes, de pânico”. Como no caso dos cenários de hospitais cheios, o risco da falta de leitos, a dificuldade respiratória, o alto número de mortes, o esvaziamento das ruas reportado diariamente pela mídia, provocou um medo muito grande.

Argumenta que para as pessoas que já possuiam problemas prévios, é possível que tais problemas tenham se agravado. Nestes casos, os sintomas sao propensos a se intensificarem, podendo prolongar até mesmo a um estado alarmante e incapacitante para quem os vivencia.

Aponta que o confinamento atingiu diferentes faixas etárias. Para uns, existe um alto risco de vida, já para outros,  uma dificuldade enorme em lidar com o confinamento. Ou seja, ao passo que os mais velhos  temem a contaminação, para jovens e crianças a dificuldade está em passar pelo isolamento social propriamente dito.

Além, de todas estas questões a respeito do Covid-19, há também evidências científicas msotrando que indivíduos que tiveram o vírus, e se recuperaram, apresentam efeitos neurológicos e neuropsiquiátricos que podem vir a instalar-se como quadros psiquiátricos. Indícios apontam que o novo corona-vírus é neurotrópico, ou seja, que atinge o sistema nervoso central. O que inspira ainda mais os cuidados para com a saúde mental.

Hoje, presume Xavier, estamos vivendo uma fase intermédia: o processo de desconfinamento. Bastou isto, para os sintomas de ansiedade e depressão, em algumas pessoas, darem sinais de rebaixamentos ou de desaparecimento.  Porém, reforça, que tudo isso é para nós, ainda um ponto de interrogação.

Acredita que as medidas de apoiamento social tenham sido determinantes para que o quadro da saúde mental português não se tenha agravado até agora. O que sugere é um cuidado especial para que não tenhamos desdobramentos, como quadros neurológicos, neuropsiquiátricos e psiquiátricos. 

Considera ser um grande avanço o fato de o tema saúde mental ser, hoje, prioritário para as agendas midiáticas.

Aponta que a grande desigualdade social possa ser a vertente responsável por um crescimento e desenvolvimento maior das perturbações psiquiátricas, compreendendo a falta de recursos humanos dentro das instituições de saúde como o grande desafio dos cuidados pela saúde mental.

Enquanto Psicólogos, Terapeutas Ocupacionais e Assistentes Sociais não estiverem inseridos no contexto dos Centros de Saúde, só restará ao Médico de Família prescrever uma medicação ou não fazer nada com as queixas de ordem psicológica.

Por: Paula Portocarrero, MCs

Fonte:

https://www.noticiasaominuto.com/pais/1558314/virus-pode-dar-quadros-neuropsiquiatricos-que-so-daqui-a-meses-veremos?utm_source=notification HYPERLINK “https://www.noticiasaominuto.com/pais/1558314/virus-pode-dar-quadros-neuropsiquiatricos-que-so-daqui-a-meses-veremos?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=1558314″& HYPERLINK “https://www.noticiasaominuto.com/pais/1558314/virus-pode-dar-quadros-neuropsiquiatricos-que-so-daqui-a-meses-veremos?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=1558314″utm_medium=push HYPERLINK “https://www.noticiasaominuto.com/pais/1558314/virus-pode-dar-quadros-neuropsiquiatricos-que-so-daqui-a-meses-veremos?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=1558314″& HYPERLINK “https://www.noticiasaominuto.com/pais/1558314/virus-pode-dar-quadros-neuropsiquiatricos-que-so-daqui-a-meses-veremos?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=1558314″utm_campaign=1558314

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *